Jun 13 / Host José Mariz

POCUS em Regiões com Recursos Limitados: A Realidade no Uganda

José Mariz leva o podcast ao Uganda e recebe um convidado ilustre no seu país, o Dr. Stephen Kithinji. Ele compartilha valiosas percepções sobre o uso do Point-of-Care (POCUS) em ambientes de emergência, particularmente em locais com recursos limitados.

POCUS Mundi Uganda com Stephen Mbae Kithinji

Médico de Kampala, Uganda, atualmente trabalha no Hospital Nacional de Referência Mulago, um dos principais hospitais do país. Além disso, é um entusiasta do POCUS e tem defendido o seu uso mais amplo no sistema de saúde local. A oportunidade de entender melhor o papel do POCUS na sua trajetória é valiosa.

O Papel do POCUS na Abordagem do Trauma

O artigo do Dr. Kithinji sobre a eficácia da avaliação focalizada com POCUS para trauma (eFAST) utilizando um ecógrafo portátil para detectar hemotórax em ambientes de baixos recursos é impressionante.

A simplicidade e clareza do estudo destacam a urgência de tornar a ecografia Point-of-Care acessível em áreas com poucos recursos. O estudo menciona que "POCUS tem alta precisão e sensibilidade no diagnóstico de trauma, mas é raramente usada em pacientes traumatizados em configurações de baixos recursos devido à falta de ecógrafos e falta de expertise entre os provedores de cuidados de trauma."
O artigo que deu mote a este podcast está publicado na BMC Medical Imaging: Efficacy of extended focused assessment with sonography for trauma using a portable handheld device for detecting hemothorax in a low resource setting; a multicenter longitudinal study. Este artigo já foi amplamente discutido no POCUS Talks, nomeadamente com o José Pedro Pinto, um episódio que vale a pena revisitar: A eficácia do eFAST em regiões com recursos limitados.